Edição 2019 Bahia – Portugal: Pontos Que Nos Unem

5 de maio de 2019 Agenda, Comunidade

Bahia – Portugal: Pontos Que Nos Unem, Edição 2019, trata-se de um festival multicultural, que decorrerá no período de 06 de maio a 10 de junho, em diferentes centros culturais de Salvador. O Festival envolve as mais variadas linguagens artísticas.

Tudo isso com o objetivo de celebrar as relações culturais, históricas e de afeto entre a Bahia e Portugal.

Sobre a proposta:

Propondo-se traçar um mapa de fluxos entre Portugal e a Bahia, focando a atenção na cultura material e imaterial de cada país, de modo a evidenciar a natureza dessas trocas, bem como espelhar a identidade e a história de cada um, o Consulado Geral de Portugal na Bahia e a Cátedra Fidelino de Figueiredo – UNEB realizarão neste segundo ano do Projeto Pontos que Nos Unem uma malha de trabalhos transversais que gravitam em torno da Literatura, do turismo, da Música, da Gastronomia, a fim de homenagear artistas, pesquisadores, professores, músicos que vivem cruzando o Atlântico Sul, desenhando traçados de convergências.

A programação gira em torno do 05 de maio (Dia da Língua Portuguesa e da Cultura na C.P.L.P) e do dia 10 de junho (Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas).

Público-alvo:

O projeto destina-se a artistas, profissionais da cultura, imprensa, profissionais liberais, professores do ensino médio e universitário, alunos de graduação e pós e interessados em geral. O projeto, pretende alcançar um público estimado de 5 mil pessoas, de classes sociais, idades e gêneros variados.

Destaques da programação:

De todas nossas matrizes, por vezes esquecemos que, a mais presente, é a portuguesa. Do patrimônio histórico à feijoada, vários pontos nos unem, e a melhor forma de recordar é sempre através da arte, manifestação mais potente de nossa cultura.

Exposição: O MAR QUE NOS UNE.


• De 06 a 24 de maio (Segunda) – Exposição: O MAR QUE NOS UNE.
Estruturada em duas estações do metrô de Salvador, a exposição resulta de uma parceria com a CCR-Bahia, o Consulado de Portugal e a Cátedra Fidelino de Figueiredo/UNEB. Visa, neste segundo ano do projeto, privilegiar a integração de várias áreas do saber em torno do mar que une a Bahia, Portugal e África. A exposição pretende apresentar a relação do mar com a Língua Portuguesa, uma vez que esta é a Língua para unir povos. Dividida nas estações de Pirajá e Campo da Pólvora, a exposição apresentará três aspectos: “As superfícies do mar” que abordará imagens e definições de faróis, portos e praias nos dois lados do Atlântico; “O mar por dentro” contará um pouco da topografia dos animais e minérios do fundo do oceano; “Terra/Mar” abordará o universo imaginário, a vida dos pescadores e as formas de navegação mais comuns.

• Local: Estações do Metrô de Salvador (Campo da Pólvora/ Pirajá)

Conversa Com Escritores

• Dia 9 de Maio – DO MAR DA HISTÓRIA DO MAR DAS PALAVRAS – Conversa com a escritora Alexandra Lucas Coelho
Conversa com a escritora e lançamento do seu mais recente livro publicado no Brasil: Deus Dará.
Alexandra é uma escritora portuguesa, jornalista, editora, trabalhou por muitos anos, cobrindo conflitos em diversas partes do mundo. Tem 11 livros publicados (cinco de não-ficção, quatro romances e dois infanto-juvenis). O livro Deus Dará gira em torno de sete personagens contemporâneos e um narrador fora do tempo e dos lugares, que convoca o leitor para um mergulho em 500 anos de história entre Brasil e Portugal.
Local: PAF V – UFBA

Visitas Guiadas ao Gabinete Português de Leitura da Bahia e a 4 fortes de Salvador

• Dias 11 e 18 de maio – Visitas Guiadas ao Gabinete Português de Leitura de Salvador e a 4 fortes de Salvador

Através das fortificações militares e do Gabinete Português de Leitura da Bahia, pretendemos oferecer uma abordagem do passado e presente, analisando os fatos, suas origens, causas e consequências, contextualizando a história, a geografia, a sociologia e a política.

Homenagem ao Professor Hélio Simões

16 de Maio (quinta) Homenagem ao Professor Doutor Hélio Simões

Primeiro catedrático de Literatura Portuguesa na Bahia, Hélio Simões exerceu importante papel nas relações com Portugal, não somente na promoção e nos estudos da literatura e da cultura portuguesa, mas também na presença de escritores e estudiosos portugueses que aqui estiveram, viveram e trabalharam graças a convite do professor Hélio Simões. Dentre eles podemos citar: Eduardo Lourenço, Adolfo Casais Monteiro, Vitorino Nemésio, Hernani Cidade.

Convidados: Cid Seixas (UFBA), Francisco Lima (UEFS),Fátima Lima (UFBA)
Horário: 16h
Local: Gabinete Português de Leitura

Centenário de SOPHIA DE MELLO BREYNER ANDERSEN

5 e 6 de Junho – Homenagem a SOPHIA DE MELLO BREYNER.

O colóquio prestará homenagem a uma das mais importantes poetisas portuguesas do século XX. Sophia de Mello Breyner Andersen a primeira mulher portuguesa a receber o Prêmio Camões, o mais importante galardão literário da língua portuguesa, em 1999.

Composto por quatro sessões de conferências, seguidas de concerto musical, exibição de filme e declamações poéticas, onde especialistas refletirão sobre a obra da autora.

Programação:

Um concerto para o mar de Sophia – pianista Isabela Perazzo
Exibição do filme Sophia de Mello Breyner O nome das Coisas

Local: Museu de Arte da Bahia, Museu de Arte Sacra

Experiências Gastronômicas Portugal/Bahia

• De 08 e 09 de junho: Experiências Gastronômicas Portugal/Bahia

A cozinha de sensações traz para o público de Salvador uma inusitada experiência gastronômica. Com releituras de pratos portugueses e baianos, a ação leva para o público uma experiência com sabores de “além mar” jamais vista. Serão convidados chefes de referência na culinária baiana e portuguesa para desenvolverem pratos exclusivos.

Para a Cônsul-Geral de Portugal, Nathalie Viegas, “Salvador é uma das cidades brasileiras que mais preservam a ligação com Portugal, desta forma, faz todo sentido que tenhamos um projeto para celebrar essa história.