Eleição para a Assembleia da República Portuguesa

22 de setembro de 2019 Agenda, Comunidade

Caro(a) compatriota.

Portugal precisa mais uma vez da sua preciosa atenção e ação.

Nós portugueses, estamos a ser chamados para mais um ato (e um dever) de cidadania cívica a favor da democracia: votar nas eleições à Assembleia da República que acontecerão já nos próximos 5 e 6 de outubro.

Para que se vá familiarizando (e, procurar informações sobre os programas eleitorais de cada partido concorrente nessa lista), informamos que no “Círculo eleitoral Fora da Europa” (que é o nosso), deverá ter este espécime de boletim de voto

Para os que irão votar presencialmente no Consulado a partir das 08 horas, sabem que, nesse dia, devem levar o Cartão de Cidadão.

Para os que irão votar por via postal, deverão estar a receber no seu endereço oficial (enviado pelo Ministério da Administração), correspondência para o efeito. Essa correspondência, [REGISTADA], terá também um boletim de voto e dois envelopes, sendo que um é de cor verde e outro branco [que contém instruções e endereços] que, após o voto, terão de ser devolvidos ao Ministério da Administração Interna.

Pormenor muito importante: Na eleição para a Assembleia da República, os cidadãos portugueses residentes no estrangeiro podem optar pelo voto presencial ou pelo voto por via postal, mas só se esta opção tiver sido feita até à data da marcação de cada ato eleitoral. Se não manifestou a sua opção de forma de votar até aos primeiros dias de agosto do corrente, por defeito, foi entendido que optou pelo voto por via postal.

Para votar, no boletim assinala com uma cruz a opção de voto, dobra o boletim de voto em quatro e coloca-o dentro do envelope de cor verde (sem quaisquer indicações ou documentos). Feche-o e, em seguida, dobre pelo tracejado indicado, sem dobrar o boletim de voto já inserido.

Depois, com o texto da folha de instruções voltado para si, coloque uma cópia legível do cartão de cidadão e o envelope verde no centro. Umedeça as laterais e cole conforme as dobras. Este será o envelope de envio.

Depois de tudo devidamente fechado, deve colocá-lo no correio antes do dia da eleição.

O envelope de devolução do boletim do seu voto já está pago por Portugal:

basta só VOCÊ EXERCER O SEU PODER DE VOTO E DEVER DE CIDADÃO PORTUGUÊS….