GPL celebra 159 anos e debate soluções para a Praça da Piedade

22 de março de 2022 qq coisa

O Gabinete Português de Leitura reúne nesta quinta-feira, 24, às 18 horas, em evento para convidados, historiadores, arquitetos, urbanistas, empresários e autoridades ligadas à área da cultura para celebrar os 159 anos da instituição. Na oportunidade, o professor Francisco Senna fará palestra sobre o tema ‘O Gabinete Português de Cultura e a Cidade do Salvador’.

Será o início de uma série de encontros com o objetivo de debater soluções para o entorno da Praça da Piedade. Ali estão situados, além do Gabinete, o Instituto Geográfico e Histórico da Bahia, sede da secional baiana da Ordem dos Advogados do Brasil, Convento da Lapa, Igreja e Convento de Nossa Senhora da Piedade, Igreja de São Pedro, Center Lapa, Shopping Piedade, Faculdade de Economia da Ufba e Secretaria de Segurança Pública do Estado.

História – Fundado em 2 de março de 1863, o Gabinete Português de Leitura nasceu com a finalidade de reunir “obras de reconhecida utilidade, escritas nos idiomas português e francês, e mais aquelas que posteriormente se julgarem mais precisas, assim como os principais jornais publicados em Portugal e no Brasil”, como diz a ata de fundação.

Funcionou, inicialmente, na Rua Direita do Comércio, próximo ao porto de Salvador. Durante toda a segunda metade do século XIX, mudou diversas vezes de endereço, até chegar, em 1896, à rua do Palácio, atual Rua Chile.

Em 1912, era escolhido um lugar definitivo para a sede. Seis anos depois, em 3 de fevereiro de 1918, Salvador recebia o lindo prédio, com características de monumento, na antiga Praça 13 de maio, hoje Praça da Piedade.