Homenagem à Drª Nathalie Viegas

31 de julho de 2019 Agenda, Comunidade, Eventos

O Gabinete Português de Leitura da Bahia e a Câmara Portuguesa de Comércio No Brasil | Bahia, promoveram no Restaurante PortoGaia, em nome da comunidade portuguesa, empresários, comunidade acadêmica e amigos na Bahia, um jantar de despedida à Cônsul Geral de Portugal em Salvador, Drª Nathalie Viegas.

O evento foi abrilhantado pela musica de Paulo Paradela e pela cozinha de inspiração portuguesa, elaborada pelo Chef Vitor Bastos.

Além das entidades anfitriãs, o evento contou com a presença de outras individualidades que também fizeram questão de homenagear a Cônsul, por esta estar prestes a encerrar a sua missão na Bahia.

Além de outras intervenções, discursaram Abel Travassos, Bernardino da Silva e António Cunha [respectivamente, Presidente, Diretor Social e Diretor de Cultura] em nome do Gabinete e, Ricardo Galvão [Presidente] em nome da Câmara Portuguesa.

Apercebia-se uma emoção contida naqueles discursos, caracterizados aqui ou acolá por alguns embargos de voz, frases mais curtas, timbres de voz mais trémulos, quando se evidenciava a personalidade unica, o trabalho desenvolvido e o seu resultado nas muitas relações de respeito, orgulho e afeto que aquela diplomata conquistou ao longo de cinco anos, tanto para si [profissionalmente e pessoalmente], para a Comunidade portuguesa, como também para a evolução das relações entre a Bahia e Portugal.

Da sua liderança – neste período – destacaram-se a modernização e automatização dos serviços administrativos Consulares, em linha com as diretrizes de modernização da máquina pública portuguesa, a transformação física do espaço Consular numa efetiva repartição pública mais segura, sóbria e impessoal, mas sobretudo, em ter conseguido trazer para o público baiano, as referências culturais de caráter universal e humano do Portugal contemporâneo, ao mesmo tempo que ajudava a dirimir vários estereótipos em relação a Portugal e aos portugueses.

Do seu legado cultural, evidenciou-se o projeto “Bahia – Portugal, Pontos que nos Unem”, projeto de referência multicultural único, que envolve um mapa de fluxos entre Portugal e a Bahia, com foco na cultura material e imaterial de cada país, ao evidenciar a natureza dessas trocas, bem como espelhar as singularidades e a história de cada um, através de uma malha de trabalhos transversais que gravitaram em torno da Literatura, do Turismo, da Música e da Gastronomia.

Recordou-se que, do projeto, resultaram sentimentos muito positivos de curiosidade e afeto entre a Bahia e Portugal, contribuindo para a melhoria significativa da imagem das instituições e da cultura de raiz portuguesa, junto dos baianos.

Por sua vez, a Cônsul aproveitou a oportunidade de reverenciar e agradecer a importância da colaboração das instituições e das diversas individualidades ali presentes, no desenrolar do seu trabalho na Bahia, pediu para se dar continuidade ao legado, ao mesmo tempo que desejava sucesso pessoal, profissional e institucional, aos presentes, instituições e restante Comunidade Portuguesa.

No final do evento, por ter emergido um sentimento de orfandade, a Drª Nathalie confessou também, que durante a sua permanência, criou laços significativos de afeto na Bahia e – confidenciou – tão logo lhe fosse possível, voltaria à Bahia a título pessoal.

Observe toda a reportagem fotográfica em: https://photos.app.goo.gl/hEhgj8iEbWse4H9d7