Moçambique é destaque na terceira edição do Diálogos Atlânticos; assista

30 de julho de 2021 qq coisa

Direto da cidade de Beira, o moçambicano Mario Chico Bonde estava à vontade para falar do conterrâneo Luís Bernardo Honwana e do livro Nós matamos o cão tinhóso, temas da terceira edição do Diálogos Atlânticos, uma parceria do Gabinete Português de Leitura da Bahia e o jornal português Sinal Aberto. O programa, transmitido pelo canal do YouTube do Gabinete Português de Leitura da Bahia, pode ser assistido aqui.

Bonde, pesquisador da Pós-Graduação do Centro de Estudos Afro Orientais da Universidade Federal da Bahia, compôs a roda de conversa ao lado da também pesquisadora Catarina Maia, da Universidade de Coimbra, do professor Osvaldo Silvestre, também de Coimbra, e do professor Sandro Ornellas, da Universidade Federal da Bahia.

O projeto faz uma pausa em agosto e retorna em setembro para o bate-papo sobre Niketche: uma história de poligamia, da escritora Paulina Chiziane.