Regulamento para a apresentação de propostas de projetos

9 de agosto de 2017 Documentação

Regulamentos

Regulamento para a apresentação de propostas de projetos, cursos, oficinas e outro tipo de eventos, de âmbito exclusivamente cultural, com a finalidade de promover ações culturais de abrangência local, regional, nacional ou internacional.

Porque cada projeto é único no conteúdo e no tempo, este pretende regular a apresentação de propostas de âmbito cultural que possam ser apresentadas ao Gabinete Português de leitura.

DO OBJETIVO

Resolve a entidade Gabinete Português de Leitura, receber propostas de pessoas ou de outras entidades, promover e ou ajudar a promover, realizar ou ajudar a realizar, eventos de âmbito exclusivamente cultural, seja através de cursos, oficinas, palestras, debates, exposições amostras, leituras (etc.), em sua sede, ou fora dela, com a finalidade de promover ações culturais, destinados aos seus associados e ao público em geral, contribuindo dessa forma para o fomento do desenvolvimento cultural de Salvador.

DA PROPOSTA

Deverá ser mostrado um resumo geral do projeto, buscando mostrar as ações a serem desenvolvidas, de que forma (método) e em que contexto. A apresentação deve ser clara, concisa, e precisa dar a noção da relevância do projeto e os impactos de sua realização, o porquê das ações previstas e os motivos dos métodos propostos, pelo que sugerimos, por exemplo:

  1. Apresentar um resumo, onde conste a estrutura e contextualização da ideia básica desse projeto;
  2. Demonstrar a vantagem da sua concepção;
  3. Desenvolver a proposta conceitual e artística;
  4. Objetivar o público alvo que se pretende atingir positivamente nessas ações;
  5. Apresentar uma programação do período ou do número de sessões que pretende realizar para alcançar o seu objetivo;
  6. Identificar os recursos humanos envolvidos;
  7. Elaborar um plano de divulgação;
  8. Elaborar um eventual orçamento.

O que se evidencia neste, é o de chamar à atenção para que, na apresentação de cada projeto, estejam mencionados todos os itens que compõem o seu conjunto, bem como, o de fornecer a esta entidade, todos os elementos que entenda por necessários para a sua análise de oportunidade.

DOS SEUS PROPONENTES

Podem ser proponentes, quaisquer pessoas que tenham propostas consideradas de interesse relevante, e objetivamente, enquadradas nas seguintes linhas mestras:

  • Audiovisual;
  • Artes cênicas, visuais e do corpo;
  • Formação, patrimônio e memória.
  • Leituras públicas de livros;
  • Música;
  • Reflexões Filosóficas;
  • E outros, que a Direção deste Gabinete, possa entender como de relevante efeito cultural.

DO MOMENTO PARA O EVENTO

Após a proposta ser entregue para análise, por quem a Direção assim o determinar, e no caso dessa proposta ser deferida – no todo ou em parte – fica determinado que o evento poderá ser realizado, seja na sua forma pontual ou regular, durante o período de funcionamento do G.P.L., desde que essa atividade não possa entrar em conflito com quaisquer outras, ou que, na decorrência do seu agendamento, por determinação da própria Direção do GPL, possa ter que ocorrer algum outro evento que pontualmente, se releve mais pertinente para aquela Direção.

DA AVALIAÇÃO

Para se inferir do impacto do projeto, é necessário realizar uma avaliação consistente. Avaliar o projeto por meio de monitoramento constante e análises, é fundamental para:

  • Validação das metas/resultados alcançadas;
  • Aferição dos objetivos propostos;
  • Continuidade do projeto;

Por mais simples que seja o projeto, é possível realizar o seu monitoramento e a sua avaliação, porque o seu acompanhamento e o monitoramento:

  • Permite verificar se estamos no caminho dos objetivos propostos.
  • Serve para indicar mudanças de percurso, o que pode significar melhor aproveitamento dos recursos (humanos, físicos, etc.), economia e necessidade de readequações.
  • Baliza avaliações finais, ao contribuir para a aquisição de dados quantitativos e qualitativos.

DO RELATÓRIO DA AVALIAÇÃO

Cada relatório, deve conter tópicos que ajudem o G.P.L. a compreender as etapas de realização do projeto e o alcance das suas ações, de acordo com o que foi proposto inicialmente.

Alguns tópicos são fundamentais de serem mensurados e analisados:

  1. Impactos gerados/resultados (de acordo com os objetivos propostos e seus indicadores);
  2. Público atendido;
  3. Eventuais demonstrações financeiras (custos e ou receitas);
  4. Comunicação;
  5. Equipe envolvida;
  6. Desdobramentos e continuidade.

A realização de pesquisas de opinião junto aos diversos agentes envolvidos no projeto traz elementos para a construção e sistematização de informações que contribuem para uma análise minuciosa dos resultados. Essas informações são valiosas e devem ser coletadas durante o período de realização do projeto (acompanhamento e monitoramento).

DOS CASOS OMISSOS

As dúvidas e omissões referentes a este regulamento e sua atividade proposta serão resolvidas pela Diretoria de Cultura e em grau de recurso pela Diretoria do Gabinete Português de Leitura.

Contatos e inscrições:
GABINETE PORTUGUÊS DE LEITURA
Praça da Piedade s/n – Salvador – Bahia – CEP 40070-010
gplsalvador@gmail.com
Tel 71 3329-3060