Vídeo sobre importância do GPL finaliza projeto cultural da Aldir Blanc

9 de dezembro de 2021 qq coisa

Um vídeo que conta a importância do Gabinete Português de Leitura para a cultura da Bahia e a relação familiar entre fundadores e atuais gerações que preservam a memória da instituição lusitana encerra o projeto “Gabinete Português de Leitura: a cultura portuguesa viva na Bahia”, disponível ao público através do canal www.youtube.com/gabineteportuguesdeleituradabahia. Clique aqui para assisitir.

De janeiro a novembro deste ano, ocorreram três cursos, na modalidade on-line: Redação, Língua Iorubá e Metodologia Científica (que reuniram mais de 100 participantes), duas exposições presenciais (Eça de Queirós e José Saramago), três palestras virtuais (uma sobre os 200 anos sem Inquisição, trajetórias de Bartolomeu de Gusmão e Santos Dumont, além do Dia de Portugal), também disponíveis no youtube, com as presenças de renomados especialistas.

Durante o projeto também foram restauradas 13 obras raras do acervo da Biblioteca do Gabinete, além do lançamento – em homenagem aos 158 anos de fundação do GPL – do tour virtual 360º, que já obteve quase 30 mil visualizações e pode ser conferido no endereço www.bahiaview360.com.br/gplsalvador. Acesse aqui.

“A diretoria do Gabinete Português de Leitura vem homenagear a profícua parceria com o Governo do Estado, Secretaria da Cultura, Programa Cultura Viva GPL, a qual proporcionou durante toda a sua execução, a promoção de atividades de grande valor cultural, que só engrandeceram o nome do Gabinete. Na oportunidade também expressa a profunda gratidão a todos os envolvidos nessa empreitada”, declara o presidente do GPL, Rodrigo Leitão.

O Gabinete Português de Leitura é uma das instituições culturais mais importantes do Estado. Fundado em 1863, e com sede localizada na Praça da Piedade, o edifício neo-manuelino possui uma beleza arquitetônica que resgata grande parte da tradição lusitana na era dos descobrimentos. Tem por finalidade a promoção da cultura de expressão portuguesa nas suas mais variadas formas. Atualmente abriga, no Centro de Estudos Portugueses – Casa Fernando Pessoa, o maior número de obras raras de reconhecida utilidade, escritas no idioma português, com obras também em francês, inglês, espanhol, italiano e alemão. Além de ser uma instituição filantrópica, é pioneira no Estado na criação do Escritório de Investigação e Memória dos Transportes na Baía de Todos os Santos.

A iniciativa integra a programação do projeto “Gabinete Português de Leitura: a cultura portuguesa viva na Bahia”, com apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.